Segurança na viagem

Viajar é sempre uma alegria, estamos sorrindo à toa, cheios de expectativas, e por vezes as pessoas não se atentam a alguns cuidados.

- No aeroporto, não se afaste ou descuide de suas bagagens e documentos. 

- No avião, coloque sua bagagem de mão com cadeado, no compartimento oposto ao que você esteja sentado. Sua bagagem tem que ficar no seu campo de visão.

- Deixe documentos, cartões de crédito e dinheiro junto a você, de preferência junto ao corpo.  Seja nas doleiras, ou em pequenas bolsas de mão. Nos voos noturnos costumamos dormir em grande parte do trajeto, e assim fica mais difícil ser surpreendido em pleno ar.

- Nos Estados Unidos, as vezes sua bagagem pode ser vistoriada pelo TSA, que é a Administração de Segurança no Transporte. Essa vistoria é aleatória, e você só saberá quando abrir sua mala e encontrar uma notificação dizendo que eles abriram sua bagagem. Para evitar danos com seu cadeado ( Sim, ele vão abrir de qualquer jeito) recomendamos o uso dos cadeados  aprovados TSA. Nesse caso a alfandêga americana possui a chave mestra, mantendo a integridade de seu cadeado. Pode ser ancontrado aqui no Brasil, e também por lá.

- Ande sempre com seu passaporte, ele é o único documento válido lá fora. Vale tirar foto ou xerox da primeira página e do visto para guardar. Isso pode ajudar em caso de roubo ou perda.

- Demais documentos, dinheiro e objetos de valor, devem permanecer no cofre quando você se ausentar do hotel.

Bagagens nos voos internacionais

Uma dúvida frequente de quem vai viajar é "O que posso levar de bagagem?" e também "O que posso trazer da viagem?".
Pensando nisso, resolvemos esclarecer essas questões e ajuda-los a preparar as malas! Vamos?
 
Bagagens despachadas:
 
São as malas maiores que são pesadas no momento do check in e acomodadas no porão da aeronave. Fique atento no balcão pois o atendente da companhia aérea irá lhe entregar um comprovante com seus dados e de sua bagagem. Guarde esses comprovantes até a retirada da bagagem no aeroporto de destino (Em caso de extravio, esse comprovante irá lhe ajudar).
Chegando ao seu destino, dirija-se para a esteira de bagagem determinada para retirar suas malas. Vale diferenciar sua mala com fitas, adesivos, etiquetas de identificação, já que nesse momento ela pode ser confundida com a de outro passageiro. 
Com a nova mudança na franquia de bagagens, é bom ficar atento na hora de escolher em qual empresa aérea você irá viajar. Nos voos internacionais, cada passageiro tem direito a duas malas com até 32 kg cada, OU duas malas com até 23 Kg cada. Fique atento nesses detalhes na hora da compra. Pode ser que no seu retorno isso faça muita diferença.
 
Aí você me pergunta, pode ser uma mala com 32 kg e outras duas com 10 kg e 22 kg respectivamente? Nãooo, não pode. Nesse caso você irá pagar excesso de bagagem para uma delas.
Nos aeroportos dos EUA, em frente aos balcões de check in é fácil encontrar balanças para pesar suas malas, bem como local para fazer uma "reorganização" se preciso.
A Latam, Delta e American Airlines estão com franquia de 2 bagagens de 23 kg ( Na Delta, a bagagem adicional de até 23 kg custa 200 dólares)
Dicas importantes:
- Identifique a bagagem para facilitar sua visualização na sala de desembarque.
- Não transporte bagagem que não seja de sua propriedade ou cujo conteúdo desconheça.
- Evite despachar bagagens que contenham objetos de valor, tais como: joias, dinheiro e eletroeletrônicos (celulares, notebooks, filmadoras, etc). Esses objetos devem ser transportados, sempre, na bagagem de mão.
Voo com conexão, retiro a bagagem ou não?
Isso o atendente da companhia aérea vai lhe orientar, pois existem algumas situações específicas, como uma passagem comprada trecho a trecho. Exemplo: Uma pessoa comprou a passagem de Porto Alegre/São Paulo no site da companhia X, e o trecho São Paulo/Orlando no site da companhia Y. Nesse caso além de levar em conta o tempo entre um voo e outro (Check in de voos internacionais começa 3 horas antes da decolagem), o passageiro terá que retirar bagagem, ir ao check in da companhia Y e fazer todo o procedimento novamente.
Normalmente um voo comprado em um único site/loja/agência, exemplo do Porto Alegre/São Paulo/Orlando a bagagem será despachada na origem (POA) e entregue somente no destino em Orlando (MCO).
O retorno ao Brasil é diferente! Na primeira cidade brasileira que o avião pousar, será necessário a retirada das bagagens para a fiscalização alfandegária, e em seguida, com as mesmas etiquetas, elas serão redespachadas no balcão da companhia aérea.
Franquia de bagagens voo internacional X voo nacional.
Quando sua viagem inclui um trecho de voo doméstico (nacional), fique atento:
- Quando as passagens aéreas para os voos nacional e internacional forem conjugadas, tendo um único contrato de transporte (Mesmo sendo companhias diferentes), você terá direito à franquia de bagagem do destino internacional, ou seja, duas bagagens de até 32 kg cada uma.
- Quando as passagens não forem conjugadas, como dito acima no exemplo "trecho a trecho", as franquias não se casarão. No trecho doméstico você terá direito a franquia correspondente, e o mesmo ocorrerá com o trecho internacional.
Isso pode causar transtorno na volta, pois será cobrado excesso de bagagem na transição de um trecho para outro. Fique de olho na hora da compra de sua passagem, ok?
Bagagem de mão.
Os limites da bagagem de mão são definidos por ações preventivas de segurança a bordo.
Em voos domésticos, a bagagem não pode ser maior que 115 cm (considerando altura + comprimento + largura) e o peso máximo é de 10 kg. Caso exceda essa especificação, a companhia aérea poderá exigir que a bagagem não viaje com você e seja despachada. Muitas vezes há uma guia de metal no aeroporto, para a medida da mala. Os voos internacionais dependem da companhia, mas geralmente a restrição de volume é a mesma, mas o peso varia.
Restrições de líquidos na bagagem de mão.
 
Em voos internacionais, existem restrições para o transporte de líquidos em bagagem de mão:
 
- Todos os líquidos, inclusive gel, pasta, creme, aerossol e similares, devem ser conduzidos em frascos com capacidade de até 100 ml e colocados em embalagem plástica transparente, vedada, com capacidade máxima de 1 litro, não excedendo as dimensões de 20 x 20 cm;
- Líquidos em frascos acima de 100 ml não podem ser transportados, mesmo se o frasco estiver parcialmente cheio;
- Os frascos devem ser adequadamente acondicionados (com folga) dentro da embalagem plástica transparente, completamente vedada;
- A embalagem plástica deve ser apresentada na inspeção de embarque de passageiros, sendo permitida somente uma embalagem plástica por passageiro. Essas restrições se aplicam também ao passageiro que, apesar de realizar um voo nacional, tenha seu embarque realizado em áerea destinada a embarque internacional.
Dicas importantes:
Os líquidos adquiridos em freeshops ou a bordo de aeronaves podem exceder os limites estipulados, desde que dispostos em embalagens plásticas seladas e com o recibo de compra à mostra (cuja data deve ser a mesma do início do voo), para passageiros que embarcam ou em conexão.
Medicamentos (com prescrição médica), alimentação de bebês e líquidos de dietas especiais poderão ser transportados na quantidade necessária à utilização no período total de voo (incluídas eventuais escalas) e deverão ser apresentados no momento da inspeção de segurança. Problemas com bagagens. 
Se tiver mais dúvidas sobre sua bagagem,você pode entrar em contato com a Anac por meio do site www.anac.gov.br ou da central de atendimento 0800 725 4445 (atendimento 24 horas por dia, todos os dias da semana).

Entre em contato

Dúvidas, orçamentos, tudo para sua viagem!
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Pinterest Ícone
  • Grey YouTube Icon
RBBV Orlando For All

© 2017 Orlando for All. Criado por Studio E News