• Daniella Neves.

Disneyland Paris começa a cobrar pelo Faspass.



A notícia do dia é o anúncio de que a Disneyland Paris, deixará para trás o antigo Fastpass, gratuito, de papel, retirado na entrada da atração, para o Premier Acess, pago.


Premier Acess é o nome desse novo "serviço" que permite que os visitantes comprem o acesso às atrações de por meio do app da Disneyland Paris.


Como funcionará:

O visitante deve vincular os ingressos dos parques ao aplicativo da Disneyland Paris;

  • Como a fila virtual de Star Wars; Rise of the Resistance, no Hollywood Studios, será necessário estar dentro do parque para fazer a reserva.

  • Deve-se selecionar a atração, quantas pessoas do grupo que querem comprar e o app vai mostrar os horários disponíveis para a visita.

  • Após o pagamento, siga até a atração no horário reservado e apresentar o QR Code no aplicativo.

Os valores do Premier Access variam dependendo da atração e do dia da visita, e ficam entre €8 e €15, por pessoa e por atração. Vale ressaltar que esse valor é válido para um único uso em uma atração no horário reservado. Se quiser ir novamente na atração usando esse sistema, terá que fazer uma nova compra, que será limitada a 03 por atração, por dia de visita.



Porém se você não quiser ficar na fila, nem pagar para ir mais rápido, tem outra opção:


Standby Pass, funcionará durante alguns momentos do dia, para minimizar o tempo na fila (Nos momentos de filas mais cheias), assegurando o distanciamento entre os visitantes, você terá que reservar via app para poder ter acesso a fila.


  • Vincule seus ingressos ao app Disneyland Paris.

  • Será necessário estar dentro do parque.

  • Selecione a atração, caso ela esteja disponível, e o número de pessoas que irão.

  • Você terá 30 minutos a partir do horário agendado para entrar, apresentando o QR Code.

  • Poderá marcar uma atração por vez.

  • Não é possível cancelar, nem transferir para outra pessoa.

Como saber se você precisará marcar o Standby Pass? Bem, acompanhe no app se a atração desejada está precisando de agendamento, já que esse sistema funcionará somente em casos de filas cheias. Na entrada de cada atração também terá a informação dizendo se o Standby Pass está ativado ou não. Em caso de negativa, é só entrar normalmente na fila.




Agora vamos ao meu parecer, comparando o sistema implantado na Disneyland Paris com o Walt Disney World Resorts. É sabido que há muito tempo a Disney em Orlando cogita mudar o sistema gratuito de Fastpass para um que seja pago, vide exemplo da Universal Studios, onde a compra do Express custa 100 dólares o dia, podendo ser usado na grande maioria das atrações.


No ano passado, quando os parques reabriram na Florida, o sistema de Fastpass foi e segue desativado até agora, ampliando a expectativa de que retorne modificado, e talvez enfim, pago. Vamos aguardar, e torcer para que seja o melhor para os visitantes.


O que vocês acharam desse sistema? Também acreditam que será implementado algo semelhante em Orlando?